1- Introdução

Seurat, pintor francês, iniciou um novo estilo de pintura que hoje conhecemos como o Pontilhismo .

Port- en- bassan, Seurat

No seu  livro “O meu método” explicava de forma clara as ideias sobre a maneira como se devia pintar, aplicando-as na sua obra. Usava quatro cores principais:azul, vermelho, verde e amarelo  e oito cores intermédias.
Os quadros “Port-en-Bassin” e “Grande jatte” foram feitos nesse estilo, onde a imagem se constroi com pontos de diferentes cores, tamanhos e concentrações.

A uma certa distância deixamos de ver os pontos e passamos a ver manchas de cor e as formas que elas definem.

Quando se trabalha a preto e branco, as manchas de pontos representam áreas de claro/escuro, sendo as zonas de luz assinaladas com pontos mais dispersos e as zonas de sombra com pontos mais concentrados.

Estas diferenças de claro/escuro, produzem a sensação de volume ou de profundidade.

%d bloggers like this: